Farmacêuticas são suspeitas de suborno

O Departamento da Justiça dos EUA está investigando possíveis violações de leis antipropina em operações no exterior por parte de grandes empresas farmacêuticas americanas, como a Merck, Bristol-Myers, Baxter e Eli Lilly. O Brasil está entre os países onde as empresas têm práticas suspeitas.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mercado/me1208201030.htm


Textos relacionados:
© Sindiprofase 2008 - Todos os direitos reservados :: Entre em contato