BAYER HEALTHCARE APRESENTA O SUPLEMENTO DE VITAMINAS E MINERAIS SUPRADYN®ATIVA

Bons hábitos alimentares diários, com uma dieta que supra as necessidades de nutrientes, vitaminas e minerais no organismo são essenciais para prevenir doenças e manter o corpo saudável.  Entretanto, principalmente nos grandes centros urbanos, onde o ritmo acelerado imprime uma rotina por vezes desgastante, parte da população privilegia uma alimentação não balanceada ou industrializada, com a ingestão de muita gordura, açúcar e calorias. A conclusão é da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), conduzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados da última POF, comparados a pesquisa anterior, indicam a queda do consumo de itens tradicionais na composição do total médio diário de calorias adquiridas pelo brasileiro, como o arroz (de 17,4% para 16,2%) e feijão (de 6,6% para 5,4%), com crescimento na proporção de comidas industrializada como pães (de 5,7% para 6,4%), refrigerantes (de 1,5% para 1,8%) e refeições prontas (de 3,3% para 4,6%).
A pesquisa VIGITEL (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônicos) realizada pelo Ministério da Saúde para avaliar as condições de saúde da população adulta residente em todas as capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, também destaca o novo perfil alimentar da população brasileira. A avaliação, que vem sendo realizada desde 2006, tem demonstrado déficit de ingestão de frutas e hortaliças, alimentos fonte de vitaminas e minerais. O levantamento revela que, comparativamente aos anos pesquisados, em média apenas 15,4% dos homens e 20,5% das mulheres seguem a recomendação da Organização Mundial da Saúde: o consumo de cinco ou mais porções diárias destes alimentos.  “É importante que a dieta contenha a ingestão regular e balanceada de proteínas, carboidratos e lipídios, além de alimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais”, afirma a nutricionista Ana Ceregatti.
A mudança do padrão alimentar do brasileiro pode não trazer prejuízos à saúde a curto prazo, mas os seus efeitos podem ser perceptíveis no decorrer dos anos. “A má alimentação favorece a obesidade, além de aumentar o risco de doenças cardiovasculares e diabetes. A ausência de micronutrientes essenciais também torna o organismo mais suscetível a doenças infecciosas, como por exemplo, no caso das mulheres, a candidíase vaginal e a infecção urinária”, afirma o Dr. José Bento, ginecologista e obstetra.
Para ajudar a suprir as necessidades diárias de vitaminas e minerais, que, por não serem produzidos pelo organismo são considerados essenciais e devem ser obtidos por fontes externas, a Bayer HealthCare lança Supradyn® Ativa. Com uma fórmula desenvolvida especialmente para os brasileiros, Supradyn® Ativa pode ser consumido diariamente, não contém açúcar, e suplementa a ingestão de 13 vitaminas e 10 minerais, importantes para o metabolismo energético. Supradyn® Ativa foi lançado globalmente, sendo a França e a Itália os primeiros países a comercializar o produto, juntamente com o Brasil, primeiro da América Latina a distribuir o suplemento alimentar.
“Idealmente, uma alimentação equilibrada deve cobrir as necessidades diárias de micronutrientes, mas em uma rotina marcada pela falta de tempo e pelo excesso de atividades, muitas pessoas optam por alimentos prontos e de preparo rápido, que são altamente calóricos e nada nutritivos”, afirma Ana Ceregatti. A energia para os processos metabólicos do organismo é proveniente da alimentação diária, portanto, refeições não balanceadas podem tornar as pessoas mais suscetíveis a doenças. “Especialmente no caso das mulheres que somam jornada de trabalho com afazeres domésticos e acabam por não cuidar de sua saúde adequadamente. É muito importante que seja realizado exames preventivos aliados a uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos”, diz o Dr. José Bento.
Exercitar-se com regularidade, estudar para melhorar a qualificação profissional – seja em um curso de língua estrangeira ou formação superior -, ou simplesmente se dedicar ao lazer, caso das pessoas que desejam aprender a tocar um instrumento musical ou realizar outras atividades artísticas, são alguns dos desejos almejados por grande parcela da população, que diante de uma agenda atribulada precisa se atentar para manter no mínimo as cinco refeições diárias – café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e jantar – composta por alimentos nutritivos e saudáveis.
Textos relacionados:
© Sindiprofase 2008 - Todos os direitos reservados :: Entre em contato