Denúncia do Jornal da Band sobre a indústria farmacêutica

02 de julho de 2008

 

No dia 02 de julho de 2008, o Jornal da Band apresentou uma reportagem (será apresentada uma série de reportagens sobre o tema), denunciando a indústria farmacêutica. O vídeo da reportagem pode ser visto, acessando o link abaixo:

 

http://www.band.com.br/jornaldaband/conteudo.asp?ID=92062&CNL=1


“Exclusivo, comida boa, hotéis de luxo, passeios com a família, esses são alguns dos presentes que os laboratórios distribuem em todo o país, para que médicos indiquem os seus remédios aos seus pacientes. Na primeira reportagem da série “Receita Marcada”, o Jornal da Band denuncia o prejuízo ao consumidor com esta relação entre a indústria farmacêutica e a classe médica.”

“Convites para simpósios em hotéis de luxo no Brasil e no exterior com tudo pago, jantares regados a muita comida e bebida alcoólica, brindes e sorteios de eletro-eletrônicos; desde o primeiro ano da faculdade de Medicina, os alunos já são assediados por funcionários da indústria farmacêutica.” “A gente recebe uma amostra grátis aqui, faz uso de uma coisa ou outra, que, no final, o medicamento chega muito caro no mercado.” “O orçamento mensal de Dona Regina foi prejudicado, o médico da pensionista receitou um remédio que custa R$87,00 para hipertensão, e disse que ela não poderia comprar o genérico.”“Eu vou mudar de médico para ver se o outro tem a mesma opinião.”“O importante é que ele (o médico) mencione na prescrição dele, o nome do genérico, e diga ao paciente que “este é o genérico”, e existem muitas opções, e este tipo de franqueza, de informação, é uma obrigação ética do médico.”

“A maioria das pessoas confia na prescrição médica”. “A marca você segue o que o médico manda.”“É disso que os laboratórios se aproveita: do desconhecimento. Para vender os remédios, a indústria farmacêutica conta com equipes, que visitam com freqüência, os médicos nos consultórios. Além de oferecer amostras grátis, os chamados ‘propagandistas’ dão PRESENTES aos profissionais da medicina. Este homem, que é propagandista há quatro anos, conta como é a relação com os médicos: -- O que que um médico pede em troca, para prescrever os medicamentos do laboratório?-- Muitas vezes o médico pede jantares, que o laboratório pague alguns congressos e pague algumas viagens.“Esta prática é muito mais comum do que se imagina nos consultórios médicos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) 75% dos remédios prescritos não são adequados. A cada 42 minutos, uma pessoa é intoxicada, pelo uso indevido de medicamentos no Brasil; muitas vezes, o paciente nem precisa tomar remédios.” “Nossa equipe acompanhou um jantar, promovido por um laboratório, nesta churrascaria em São Paulo. Foram convidados 60 médicos, alguns deles levaram parentes.” (...)

 

“O laboratório que organizou o jantar, não promoveu uma palestra com especialista médico, apenas apresentou um de seus produtos. Esta prática é proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Depois do jantar, todos os médicos agradeceram a cortesia.” (...)“Em maio, o Laboratório Novartis, patrocinou um Congresso sobre osteoporose, de sexta a domingo, neste resort em Florianópolis. Passagem aérea e hospedagem de graça, e um desconto especial para os acompanhantes de 50 médicos. Na manhã de sábado, eles assistiram a 4 palestras. O restante do fim de semana foi livre. Na maioria das vezes, os profissionais convidados são os que mais indicam os medicamentos do laboratório que patrocina o evento. Para verificar a venda dos produtos, e quem prescreveu, a indústria farmacêutica negocia cópias das receitas médicas com as farmácias.” (...)

 

“E quanto mais consumo, mais dinheiro para a indústria farmacêutica. O setor fatura por ano R$ 28 BILHÕES DE REAIS NO PAÍS, 30% são investidos em marketing.”“Em nota o Laboratório Novartis, que patrocinou o congresso em um hotel de luxo em Florianópolis, alega que o evento teve cunho científico, e que o objetivo do encontro foi atualizar os profissionais de saúde.”“E amanhã, o Jornal da Band vai mostrar como os propagandistas agem em hospitais, Universidades e farmácias. Até amostras de remédios com tarja preta, que são proibidos, portanto, são oferecidos aos médicos.”Fonte:Jornal da Band – 02/07/2008, primeira reportagem da série “Receita marcada”. Para assistir ao vídeo da reportagem, utilize o link abaixo:http://www.band.com.br/jornaldaband/conteudo.asp?ID=92062&CNL=1

 

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

E NÃO É QUE O KEVIN TRUDEAU TEM RAZÃO?

 

Kevin Trudeau – Curas Naturais – Sobre medicamentos [35]

Os medicamentos ATÉ PROVOCAM DOENÇAS. Os remédios naturais são muito seguros, quase sem efeitos secundários e incrivelmente eficazes

Por Kevin Trudeau,

 

    “É importante saber que as farmacêuticas (laboratórios farmacêuticos) estão empenhadas em eliminar todas as curas naturais não patenteáveis. As farmacêuticas gastam centenas de milhares de dólares para o convencer que os medicamentos são seguros e eficazes e que todas as curas naturais são ineficientes e perigosas. O contrário é que é verdade! Os medicamentos são todos perigosos e causam doenças e todas as pesquisas demonstram que os medicamentos são, em geral, ineficientes. Os medicamentos não curam doenças. Este fato é cada vez mais claro.   

 

Os medicamentos ATÉ PROVOCAM DOENÇAS. Os remédios naturais são muito seguros, quase sem efeitos secundários e incrivelmente eficazes.

 

 Tecnicamente falando, os remédios naturais não curam a doença porque o corpo se pode curar a si próprio. Os remédios naturais ajudam o corpo a curar-se. Tendo dito isto, quero realçar o fato de todos os sites de defesa do consumidor na área de saúde, de todos os grupos de “vigilantes” ou dos sites relacionados com a saúde serem uma fachada para as farmacêuticas.    Esses sites NÃO são feitos para informarem os consumidores acerca de todas as opções possíveis; estes sites são criados  ou pertencem a farmacêuticas e têm uma única missão, espalhar a mentira de que os medicamentos são a única resposta para curar, prevenir e tratar doenças e que os remédios naturais como as ervas, os remédios homeopáticos, as vitaminas e os minerais, etc., são ineficientes e perigosos. Esta é uma grande mentira e um engano. A internet está a tornar-se um dos meios pais poderosos para as farmacêuticas propagarem este grande engano.”FonteLivro: Curas Naturais “Que” Eles Não Querem Que Você Saiba, de Kevin Trudeau, página 35.

 

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

AS INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS

Quase todas as indústrias farmacêuticas são empresas cotadas em bolsa, o que significa que os administradores e os diretores têm a responsabilidade legal de aumentar os lucros dos acionistas. Isso significa que os administradores e os diretores das farmacêuticas tem a responsabilidade legal de aumentar os lucros. A única forma de aumentar os lucros é vender mais produtos ou ter menos custos de produção. Daí as farmacêuticas terem por objetivo vender mais medicamentos e fabricá-los pelo preço mais baixo. Pense nisso, o objetivo duma farmacêutica não é curar uma doença, é vender mais medicamentos e você é o cliente.

 Eles querem que você tome mais medicamentos para sempre. Eles querem fabricar esses medicamentos com o menor custo e querem fazer tudo o que for possível para poderem vender os medicamentos pelo preço mais alto. É por isso que há um grande debate sobre o fato de se poder ou não comprar medicamentos de outros países. A FDA inventou a desculpa esfarrapada de que um país como o Canadá não fabrica medicamentos com os mesmos padrões de segurança dos Estados Unidos. Que arrogância!   O que acontece é que

as farmacêuticas americanas querem o monopólio. Não querem ninguém a tirar-lhe as vendas e por isso coagiram o governo federal a proibir os americanos de comprarem os seus medicamentos fora dos Estados Unidos. Eles estão a travar o comércio livre e a eliminar a concorrência, pois se não o fizerem os preços baixavam. Por que é que a FDA faz isso? Como referi anteriormente, as farmacêuticas dão milhões de dólares aos comissários assim que eles deixam a FDA.

 

É um suborno! Lembre-se, as farmacêuticas não querem que você esteja bem. O objetivo de uma farmacêutica não é curar doenças.

 

 Se toda a população mundial fosse saudável, as farmacêuticas iriam à falência. As farmacêuticas só lhe querem vender mais medicamentos. Eis como o ciclo funciona. As farmacêuticas dão milhares de dólares às universidade de Medicina.

 

Por que? Para que os seus medicamentos estejam nos manuais e para que os médicos

sejam ensinados a prescrever um certo medicamento, garantindo as vendas. Lembre-se, nas universidades, os médicos aprendem apenas duas coisas: a prescrever medicamentos e a cortar partes da anatomia humana, a cirurgia.   Quando um médico sai da universidade, a maioria das pessoas não sabe que as farmacêuticas lhe pagam para prescrever certos medicamentos. Muitas vezes isso é feito através de “incentivos”. Por exemplo, se um médico receita um certo medicamento  aos doentes, recebe milhares de dólares da farmacêutica. As farmacêuticas oferecem, com regularidade, viagens com tudo pago para os médicos que participarem em congressos pelo mundo afora. Esses congressos são, na realidade, apresentações das farmacêuticas e dos seus medicamentos, dizendo aos médicos do que se trata e de como receitar. Estão disfarçadas de congressos médicos, mas não o são. Os especialistas nestes “congressos” são recompensados pelas farmacêuticas. Por isso, na universidade, os médicos são ensinados a prescrever medicamentos e, ao longo de sua carreira, recebem incentivos e formação adicional por parte das farmacêuticas. Desta forma, eles receitarão mais medicamentos.Fonte:pp. 26 e 27, do livro “Curas Naturais Que Eles Não Querem que Você Saiba”, de Kevin Trudeau.

 

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

“As autoridades de saúde pública precisam estimular a população a fazer exercícios físicos. O ideal é que as pessoas tenham uma aderência total ao exercício, mas, mesmo se tivermos uma pequena aderência, isso já seria altamente significativo do ponto de vista da saúde pública”.  -  Dr. Sérgio Ferreira de Oliveira,  médico- assistente da Unidade Clínica de Aterosclerose e médico-colaborador do Núcleo Diabetes-Coração do Incor-HC“Perder um pouco de peso e fazer meia hora por dia de atividade física é o suficiente para diminuir à beça as chances de um pré-diabético desenvolver a doença pra valer”. (Revista Saúde! é Vital – edição especial N.51, pág. 16)“Evite os alimentos industrializados/processados. Eles estão repletos de substâncias tóxicas que podem causar uma série de enfermidades. Os nitritos e nitratos, presentes nos presuntos, mortadelas, salaminhos e salsichas, são um veneno para a saúde, inclusive para a boa saúde do estômago. Dê preferência aos alimentos naturais, orgânicos, frescos. Coma bastante verduras e frutas (de 5 a 7 porções diárias), cereais integrais, legumes, sucos diversos. Passe longe dos remédios, dos medicamentos, e preserve o seu fígado (como o fígado agradece! os que evitam os medicamentos!). Quando for preciso, procure os recursos terapêuticos na Medicina Natural, Sono-reparador, Homeopatia, Medicina Ortomolecular,

 

Fitoterapia, plantas medicinais, exercícios diários, caminhadas, dança, corrida, natação, bicicleta, bicicleta ergométrica, esteira elétrica, as academias onde os exercícios são dirigidos por professores de Educação Física, etc...” “Consuma água de qualidade, sem cloro e flúor. Existem no mercado águas de excelente qualidade, de minas naturais. Se possível, utilize filtros especiais, para a retirada do cloro e bactérias da água da torneira. Isto é muito importante. Somente utilizando isto, já é um passo muito importante para preservarmos a nossa saúde.” “Evite os medicamentos sintéticos – os fabricados pelos laboratórios farmacêuticos. Não se auto-medique. Tome medicamentos somente se for altamente necessário, e receitados pelo seu médico de confiança. Os remédios em geral fazem mais mal do que bem; intoxicam o organismo, arrasam com o fígado, os rins, ... não são uma boa opção terapêutica de saúde.” Pratique a Medicina Natural, as Curas Naturais, e Boa Saúde!

 

---------------------------------------------


Créditos:

Texto original: http://www.scribd.com/doc/3806286/Denuncia-do-Jornal-da-Band-sobre-a-industria-farmaceutica-Receitas-Marcadas-1b

 

Assista o vídeo:

http://www.band.com.br/jornaldaband/conteudo.asp?ID=92062&CNL=1

 

Textos relacionados:
© Sindiprofase 2008 - Todos os direitos reservados :: Entre em contato