Corrupção hospitalar

Um político ladrão vai preso depois de ser acusado de coagir testemunhas, desviar verbas públicas e roubar algum dinheiro público.
Já no xadrez, a velha raposa passa mal do coração e é levada às pressas pra um hospital. Depois de todos os exames, o médico explica, com ar grave:
— Não chegou a ser um enfarte, mas terei que fazer uma ponte de safena no senhor.
O político olha pra um lado, olha pro outro, puxa o médico pelo colarinho e diz baixinho no ouvido dele:
— Uma ponte não, doutor... Faça logo três superfaturadas: uma pra mim, uma pra minha família e a terceira o senhor divide com sua equipe.

Textos relacionados:
© Sindiprofase 2008 - Todos os direitos reservados :: Entre em contato